Tratamento das olheiras com luz pulsada

Uma noite mal dormida, cansaço, stress, ou até mesmo uma ressaca, são causas habituais para o aparecimento de olheiras. Contudo, todos estes casos são temporários. Há ano entanto muitas pessoas que possuem olheiras quase de forma permanente, dando um aspeto pouco agradável ao seu rosto. Se é esse o seu caso, então saiba que existem formas de amenizar ou mesmo corrigir esse problema. Um dos tratamentos possíveis é a luz pulsada.

luz pulsada - olheiras

Luz pulsada

A luz pulsada é uma tecnologia através da qual ocorre a emissão de uma fonte de energia luminosa, a qual irá atuar sobre a área afetada. Esta tecnologia chama-se de não ablativa pois não fere a pele, sendo por isso uma excelente opção para quem tem olheiras.

Esta tecnologia permite que se emita luz em faixas mais adequadas, direcionando-se eficazmente essa energia para a área afetada, conseguindo-se dessa forma filtrar o excesso de luz e proteger a pele. A luz pulsada é assim um tratamento indolor e seguro.

Conheça melhor o seu funcionamento em “Luz pulsada – em que consiste o tratamento”.

Tratar as olheiras com a luz pulsada

As olheiras, enquanto problema crónico, é causada pela melanina. Este pigmento, responsável pela cor da pele, é particularmente intensa na região abaixo dos olhos de quem tem olheiras, provocando a pigmentação escura dessa região.

Além disso, há ainda o problema da cor azulada e roxa que as olheiras podem ter, causado pela hemoglobina. O tratamento com a luz pulsada irá por isso emitir luz com uma faixa de energia adequada a esses dois fatores, ou seja, à melanina e à hemoglobina.

Através da aplicação deste tratamento, conseguir-se-á amenizar bastante o problema, melhorando significativamente a aparência na região dos olhos.

Apropriado a qualquer tipo de pele, a luz pulsada é rápido, simples e indolor, tendo resultados visíveis ao fim de alguns dias. Apesar de nos dias iniciais o efeito parecer ser até pior, com escurecimento da área tratada, ao fim de uma semana a região começa a clarear.

Este tratamento, de modo a ter resultados mais duradouros e sustentáveis, deve conter pelo menos de 4 a 6 sessões. Estas têm que ter um intervalo de 30 dias entre cada sessão.

Partilhar