Quais os tratamentos estéticos permitidos na gravidez

A gravidez é uma altura linda na vida de uma mulher, e não sendo doença nenhuma, obriga a muitos cuidados, sejam eles alimentares, no estilo de vida, naquilo que bebe, mas também, na escolha dos tratamentos estéticos. Por exemplo, a depilação na gravidez é permitida, mas nem todos os métodos são seguros.

Saiba mais em “Depilação na gravidez – dicas“.

Conheça de seguida quais os tratamentos estéticos permitidos durante a gravidez.

depilação na gravidez

Tratamentos estéticos permitidos durante a gravidez

A gravidez é uma fase da vida de uma mulher na qual ocorrem muitas mudanças hormonais, fisiológicas, físicas e emocionais. É assim uma altura onde a mulher deve continuar a ter cuidados com a sua beleza, de modo a sentir-se bem e bonita. Contudo, nem todos os tratamentos são permitidos, seja por colocar em risco a saúde da mãe ou do feto. Conheça os tratamentos que as grávidas podem fazer e aqueles onde deve haver cuidados na sua implementação.

1 – Tratamentos estéticos permitidos

– Hidratação capilar

A grávida pode continuar a hidratar os seus cabelos com máscaras, sem qualquer tipo de restrição. Contudo, sendo uma altura onde a oleosidade aumenta, a gestante deve evitar colocar o creme junto à raiz.

– Limpeza de pele

Ótimo para retirar resíduos de sujidade e excesso de oleosidade da pele, este tratamento também não tem risco nenhum, havendo apenas a recomendação em utilizar produtos hipoalergénicos.

2 – Tratamentos que devem ser feitos com cuidados

– Depilação na gravidez

A depilação na gravidez é perfeitamente segura, contudo, há métodos proibidos. Assim, a depilação na gravidez com lâmina (devidamente limpa e higienizada) ou com cera fria não têm qualquer problema. Já a depilação na gravidez com cera quente ou depiladores elétricos deve ser evitada. Por fim, a depilação definitiva durante a gravidez é proibida, sendo aconselhado também não usar produtos químicos como o creme depilatório.

– Manicura e pedicura

Estes tratamentos estéticos são perfeitamente seguros, desde que se cumpram todos os cuidados de higiene necessários. A esterilização é assim essencial, seja em sua casa, seja numa clínica de estética. Tal como a lâmina para a depilação na gravidez, também este tratamento pode ser feito com os cuidados adequados.

– Cremes de tratamento

Tudo o que sejam cosméticos deve ser do conhecimento do médico obstetra que acompanha a gestante. Há produtos de cosmética, sobretudo cremes de tratamento, que contém substâncias químicas e ácidos não recomendados. Por isso, se estiver a pensar em usar algum produto de tratamento, verifique antes com o seu médico.

– Peeling

Os peelings são esfoliações profundas com recurso a químicos. Como tal, durante a gravidez não pode realizar este tratamento estético, sobretudo aqueles feitos com ácido retinóico ou o peeling abrasivo. Há no entanto uma solução segura – o peeling de cristal.

– Cremes hidratantes

Este tipo de cremes são totalmente seguros e até essenciais para manter a pele hidratada e cuidada. Contudo, ao usar estes cremes deve evitar a sua colocação na zona dos mamilos para que eles não fiquem demasiado sensíveis e com propensão à formação de rachas durante a amamentação.

– Drenagem linfática

Apesar de ser possível fazer este tratamento, nomeadamente a partir do 2º trimestre, a drenagem linfática é um procedimento com algum risco. Ou seja, a pressão exercida tem que ser menor e o tratamento tem que ser realizado por um terapeuta especializado em grávidas.

Saiba mais em “Depilação na gravidez – dicas“.

Partilhar