Fotodepilação

A Fotodepilação é um dos muitos métodos que foram surgindo ao longo dos anos para proceder à depilação definitiva nos vários pontos do corpo, tanto do homem como da mulher.

Porém este é um dos métodos de depilação que está a ter um grande avanço e uma grande procura, principalmente devido ao baixo custo da sua utilização.

Como funciona a Fotodepilação

Este tratamento funciona através de um sistema denominado de IPL, que significa Depilação Luz Pulsada Intensa. Este tipo de tratamento procura a melânina (substância contida na pele e no pelo) através da própria luz intensa do aparelho.

Já que o pêlo contem mais melânina do que a própria pele, o próprio pelo serve de “caminho” para conduzir a luz intensa até à luz, de forma a destruir o folículo e as estruturas que o alimentam para que este não volte a nascer.

A fotodepilação é um tratamento completamente indolor (sentindo-se simplesmente uma sensação de calor quando aplicado), e poderá ser aplicado em todas as zonas excepto a zona das sobrancelhas e a zona periana, correndo o risco de problemas de pele.

Geralmente estes tratamentos necessitam de pelos menos 8 sessões para que todos os pêlos desapareçam por completo, no entanto, o tratamento deve ter em conta a cor do pêlo, a cor da pele, o sexo, a idade, entre outros, para que o efeito seja o pretendido e não culmine em problemas de pele ou saúde.

Não existem complicações relatadas decorrentes do recurso à Fotodepilação, desde que esta seja feita de uma forma correcta e com os devidos cuidados.

Antes de iniciar o tratamento é feito uma consulta inicial onde será informado de todos os cuidados a ter antes e após o tratamento, a melhor técnica a utilizar e ainda o número de sessões que necessitará.

Porém, após analisar todas as hipóteses de depilação existentes actualmente no mercado, e comparando com os resultados da Fotodepilação, rapidamente concluirá que este tratamento é, hoje em dia, o mais vantajoso a nível económico e resultados finais.

Partilhar