Dicas para depilar axilas

As axilas é uma das zonas mais preocupantes por parte do sexo feminino, não só por uma questão de imagem, mas também por uma questão de higiene, que aumenta exponencialmente assim que a sua eliminação é total. No entanto, a zona das axilas é uma zona extremamente sensível, por isso os cuidados a ter e a escolha adequada do método a usar deve ser uma das maiores preocupações da mulher.

A depilação na zona das axilas deve ser feita de acordo com o seu tipo de pele, até porque para muitas mulheres é uma zona propícia ao surgimento de irritações e alergias, e com uma sensibilidade extrema, ao contrário de outras em que é uma zona como todas as outras que não necessita de grande atenção, apenas a escolha acertada.

Se optar pela depilação com cera (quente ou fria) deve escolher um tipo de cera especialmente concebido para a depilação em zonas sensíveis, até porque estas ceras têm muito menos químicos e produtos que vão aumentar a probabilidade de surgirem irritações, manchas ou mesmo problemas de maior dimensão. Depois de proceder ao tratamento de depilação, deve ter o cuidado de aplicar cremes específicos para o pós-depilação, prevenindo assim que surja ardor, irritação ou até pêlos encravados. Deve ainda ter atenção que antes de iniciar o tratamento não recorra a outros tipos de tratamento, como esfoliações, limpezas de pele que abranjam essa zona ou até tratamentos de pigmentação.

Pode ainda optar por métodos de depilação definitiva, por todas as vantagens que isso lhe poderá trazer, no entanto deve recorrer a um profissional na área para que este aconselhe qual a melhor técnica a usar. Como é uma zona sensível e de menor dimensão, o tratamento deve ser o mais adequado para evitar problemas, e pela dimensão da zona vão ser necessárias apenas algumas sessões para que todo o tratamento tenha o efeito pretendido – a eliminação definitiva das axilas.

Partilhar