Faz depilação íntima masculina? Conheça os cuidados básicos a ter

Quando se fala de depilação masculina, o normal é pensar-se logo nas pernas, no peito, nas axilas ou nas costas. Aliás, são as regiões corporais mais populares para a depilação masculina, seja por uma questão de estética, conforto, ou até mesmo de higiéne.

Contudo, quando se fala em depilação masculina íntima, já o assunto é um pouquinho menos habitual, não se encontrando muitos homens sequer a falar disso. Aliás, a própria palavra “íntimo” já diz tudo, não? Como tal, é difícil para alguns homens ainda com pouca experiência tirar algumas dúvidas que tenham.

Neste artigo iremos abordar alguns métodos utilizados na depilação masculina íntima, mas principalmente, os cuidados básicos a ter de modo a manter as áreas depiladas saudáveis e sem problemas. Confira.

depilação íntima masculina

Métodos utilizados na depilação masculina íntima

Os métodos mais habituais na depilação masculina íntima são a cera, o creme depilatório, a máquina e a depilação definitiva.

A cera é um método que, como já deve saber, irá arrancar o pelo pela raiz. É assim um método muito vantajoso. Contudo, é também doloroso, e para ser aplicado numa área tão sensível, recomendamos o recurso a uma profissional da área.

O creme depilatório, apesar de muitas vezes utilizado, devido ao uso de substâncias químicas, deve ser evitado nas zonas íntimas. No máximo, na zona entre a perna e a virilha.

A máquina pode ser muito prática e sem qualquer dor associada. Contudo, deve evitar cortar muito rente para evitar comichões e pelos encravados. É um método que dura pouco tempo, tendo de cortar regularmente.

A depilação definitiva é um método muito interessante para a depilação masculina íntima pois vai manter essa região livre de pelos durante pelo menos um ano. Contudo, é importante ressalvar que são necessárias algumas sessões para conseguir esse resultado.

Cuidados básicos para quem faz a depilação masculina íntima

Ao contrário do que muitas pessoas possam pensar, os pelos nas zonas íntimas têm uma função importante. Assim, e de acordo com os especialistas dermatologistas, os pelos funcionam como protetores dessas regiões, e como tal, a sua depilação tem que vir acompanhada com alguns cuidados de modo a manter essas áreas limpas e saudáveis.

Confira os cuidados básicos essenciais para manter a zona íntima depilada sempre saudável e sem problemas:

– Um banho quentinho sabe sempre bem. Contudo, por vezes a temperatura da água é demasiado quente para a saúde da sua pele. Por isso, evite banhos com água muito quente pois isso pode ser sinónimo de vermelhidão e alergias nas zonas depiladas.

– Os tecidos sintéticos não são adequados para peles mais sensíveis. Logo, como a pele depilada tende a ser um pouco mais sensível, deve evitar este tipo de tecido na sua roupa interior, preferindo o algodão.

– Um dos cuidados mais importantes para manter as áreas íntimas depiladas sem problemas é o uso de um sabonete adequado. Dessa forma, deve evitar o sabonete normal. O ideal são sabonetes líquidos específicos para essas áreas, com um pH apropriado.

– O excesso de sabão e amaciador na roupa podem ser causadores de alergias e irritação na pele. Como tal, quando lavar a sua roupa interior, deve evitar abusar destes produtos, preferindo até produtos específicos e preparados para a limpeza de roupa interior íntima. Conseguirá assim mais facilmente manter as áreas depiladas saudáveis e livres de problemas indesejados.

Está ainda a começar a sua aventura no mundo da depilação masculina? Então nada melhor que algumas dicas para o ajudar. Confira tudo em “Dicas para a depilação masculina“.

Partilhar