Cuidados a ter com a depilação na gravidez

Para uma mulher, ter as pernas livres de pelos é um cuidado essencial e obrigatório, seja por razões de higiene ou de estética.

Contudo, existem ainda muitas grávidas com dúvidas e receios sobre fazer a depilação na gravidez. Se é esse o seu caso, então não tem nada a temer. Desde que tenha certas precauções, não há razão para não ficar com as suas pernas, e outras partes do corpo, limpinhas e livres dos incómodos e inestéticos pelos. Confira de seguida os cuidados a ter com a depilação na gravidez.

Cuidados a ter com a depilação na gravidez

Cuidados a ter com a depilação na gravidez

O primeiro cuidado está relacionado com o reaproveitamento das ceras. Nalgumas clínicas de estética existe o hábito de recuperar ceras já utilizadas noutras depilações. Por isso, antes de escolher o local onde fazer a sua depilação na gravidez, certifique-se que a cera utilizada, seja quente ou fria, não é reaproveitada. Este cuidado serve para gestantes, mas também para as não gestantes.

No artigo “Depilação na gravidez” explicamos os métodos mais adequados para retirar os pelos durante a gestação. Assim, enquanto métodos como depilação com cera ou com lâmina de barbear podem ser feitos sem medo, já técnicas com a depilação definitiva (luz pulsada ou a laser), não podem ser realizadas enquanto estiver grávida.

A depilação na gravidez com lâmina de barbear, apesar de ser um método seguro, pode ter os seus inconvenientes. Nalgumas mulheres, a utilização deste método durante a gestação aumenta o risco de aparecimento de pelos encravados, e em alguns casos, mesmo a formação de alergias. Como tal, se costuma ter problemas de pelos encravados, prefira a depilação com cera.

Outro método que não deve usar durante a gravidez é o uso de cremes depilatórios. Estes cremes, que se aplicam em casa, podem conter várias substâncias químicas fortes, como o amoníaco, prejudiciais para o bebé.

Caso siga estes cuidados com a depilação na gravidez, não existe razão para não poder continuar a fazer este tratamento estético durante a gestação. Se mesmo assim tem alguma dúvida ou receio, consulte o seu médico obstetra, e ele explicará o que pode ou não fazer.

Partilhar